time

counter

x

...
​​
...

x

"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las"
...
...

Pesquise


zeppelim photography

ULTIMAS POSTAGENS

Obrigado pela visita!

13 dezembro, 2011

Temporal e granizo surpreendem população de Belo Horizonte

Aquecimento acima do esperado provocou chuva com intensidade maior que a prevista para esta segunda-feira e gerou caos em toda a cidade

FONTE: Estado de Minas  


Daniel Silveira
Publicação: 12/12/2011 19:18 Atualização: 12/12/2011 23:11

No cruzamento da Rua dos Pampas com Jaceguai, no Bairro Prado, carros foram arrastados pela enxurrada e ficaram empilhados (Beto Magalhães/EM/D.A.Press)
No cruzamento da Rua dos Pampas com Jaceguai, no Bairro Prado, carros foram arrastados pela enxurrada e ficaram empilhados

Um temporal surpreendeu a população de Belo Horizonte no começo da noite desta segunda-feira. A meteorologia já previa a possibilidade de chuva na capital e região, mas de fraca intensidade e em áreas isoladas. “Ocorreu um aquecimento acima do esperado, com a temperatura em Belo Horizonte chegando a 30º, o que intensificou ainda mais a instabilidade”, explica o meteorologia do Instituto Tempo Clima Puc-Minas, Heriberto dos Anjos. Em pouco mais de uma hora de chuva, transtornos corriqueiros em dias chuvosos já eram registrados em toda a cidade.

A forte chuva teve início por volta das 18h30 e rapidamente deixou toda Belo Horizonte com céu muito carregado. A chuva foi acompanhada de descargas atmosféricas de grande intensidade. Em vários pontos da Região Oeste da capital houve registro da queda de granizo, como nos Bairros Luxemburgo, Buritis e Gutierrez. Por meio do Twitter internautas relataram ver granizo caindo sobre os Bairros Carlos Prates, Padre Eustáquio, na Região Noroeste, e no Colégio Batista, Região Leste da capital.



COMPARTILHE: 
.......................................................................


Confira relato do publicitário Marcus Lemos que foi surpreendido pelo temporal quando estava em um congestionamento no Bairro Santo Agostinho:




De acordo com o meteorologista Heriberto dos Anjos, a Região do Barreiro foi a mais atingida. “Formou-se uma nuvem muito carregada, se extendendo desde a Região Centro-Sul até o Barreiro”. Ele destacou que até as 19h o instituto não tinha dados sobre a incidência de granizo, mas adiantou que devido à alta instabilidade atmosférica, o fenômeno era esperado.



Chuvas em Belo Horizonte

Alagamentos, queda de árvore e blecaute

Às 19h30 a BHTrans informava que ao menos duas árvores cairam com a chuvam interditando parcialmente o tráfego. Uma delas caiu na Rua Fernandes Tourinho, no Bairro de Lourdes, Região Centro-Sul da capital, e atingiu a fiação e danificou um carro. Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista ficou preso dentro do veículo por causa do risco de eletrocussão. Ele precisou ser resgatado pelos militares. Outra queda de árvore foi registrada na Praça Raul Soares, no cruzamento com a Avenida Olegário Maciel. Semáforos ficaram desligados em várias vias, principalmente na Região Centro-Sul, como nas Praças Afonso Arinos e Raul Soares, e também na Avenida Senhora do Carmo.

Na Avenida Afonso Pena, no Centro da capital sacos de lixo ficaram espalhados na calçada e na via e três lojas chegaram a ser invadidas pela água (Vitor Komura)
Na Avenida Afonso Pena, no Centro da capital sacos de lixo ficaram espalhados na calçada e na via e três lojas chegaram a ser invadidas pela água

Situação corriqueira em dias de chuva em Belo Horizonte, vários pontos registraram alagamentos. Em um deles, no cruzamento das Avenidas Amazonas e Francisco Sá, no Prado, um carro foi arrastado pela força da enxurrada. O Corpo de Bombeiros recebeu a informação de que havia pessoas dentro do veículo.

Também houve alagamentos na Avenida Cristiano Machado, próximo ao cruzamento com a Rua Jacuí, no cruzamento das Avenidas Silva Lobo e Barão Homem de Melo, e no cruzamento da Prudente de Morais com Joaquim Murtinho. De acordo com os bombeiros, foram registradas inúmeras solicitações relacionadas a inundações nas avenidas Silva Lobo e Tereza Cristina, na Região Oeste de Belo Horizonte.

A chuva também deixou moradores sem luz. De acordo com a Cemig, os bairros Gutierrez, na Região Oeste de Belo Horizonte, e Horto, na Região Leste, foram os mais afetados pela falta de energia.

Previsão

Segundo o meteorologista Heriberto dos Anjos, a chuva desta noite é passageira. Já a partir de quarta-feira os belo-horizontinos podem esperar chuva mais contínua. “Uma nova frente fria atuará no Sudeste do país, intensificando as áreas de instabilidade em toda Minas Gerais, principalmente no Triângulo, Centro-sul e Zona da Mata.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...